Maternidade

Segue abaixo os dados hospitalares da Maternidade do Hospital Universitário da USP.

Presença de acompanhante nos partos:

Ano 2012 2013 2014 2015 2016 2017 2018 2019 2020
Companheiro da paciente 1284 1384 1289 1312 1243 1374 1394 1437 1778
Mãe da paciente 285 316 268 263 251 245 257 244 250
Sogra da paciente 16 14 16 15 14 14 19 12 16
Paciente não quis a presença de acompanhante 194 145 105 132 71 80 26 22 51
Acompanhante não quis acompanhar o parto 189 178 154 124 112 100 88 73 65
Acompanhante não foi localizado 1008 880 521 363 270 221 136 148 464
Nenhum acompanhante 38 38 41 13 3 0 0 0 0
Sem condições operacionais 325 380 239 170 189 145 60 34 117
Outros familiares 216 208 211 251 223 258 242 271 252
Total 3555 3543 2844 2643 2376 2437 2222 2241 2993

Número de nascimentos:

Parto201220132014201520162017201820192020
3
(0,13%)
4
(0,16%)
2
(0,09%)
3
(0,13%)
3
(0,10%)
Normal1730
(48,66 %)
1647
(46,49 %)
1367
(48,07 %)
1249
(47,26%)
1181
(49,70%)
1265
(51,91%)
1107
(49,82%)
1117
(49,84%)
1275
(42,60%)
Fórcipe564
(15,86 %)
515
(14,54 %)
398
(13,99 %)
320
(12,11%)
274
(11,53%)
266
(10,92%)
197
(8,87%)
160
(7,14%)
182
(6,08%)
Cesárea1261
(35,47 %)
1381
(38,98 %)
1079
(37,94 %)
1074
(40,64%)
918
(38,64%)
902
(37,07%)
916
(41,22%)
961
(42,88%)
1533
(51,22%)
Total3555
(100 %)
3543
(100 %)
2844
(100 %)
2643
(100 %)
2376
(100%)
2437
(100%)
2222
(100%)
2241
(100%)
2993
(100%)

* Obs: Em gestação gemelar e trigemelar considerado dois e três nascimentos, respectivamente.

 Em partos normais, número de episiotomias:

Episiotomia201220132014201520162017201820192020
Sem923
(53,35 %)
955
(57,99 %)
882
(64,52 %)
871
(69,80 %)
884
(74,85%)
945
(74,71%)
891
(80,49%)
952
(85,23%)
1108
(86,91%)
Com807
(46,65 %)
692
(42,01 %)
485
(35,48 %)
378
(30,20 %)
297
(25,15%)
320
(25,29%)
216
(19,51%)
165
(14,77%)
167
(13,09%)

Classificação de Robson em 2020:

GruposPartosCesáreaPorcentagem
164726440.8
243828565.07
35736811.87
42648933.71
559849382.44
6373697.3
7494591.84
8484287.5
922100
1028716457.14
Total2943148850.56

Percentual de Mulheres que receberam ocitocina no puerpério imediato em 2020: 100%

No ano de 2016, ocorreu um caso de óbito materno, entretanto o parto e o acompanhamento de puerpério imediato foi realizado em outro serviço.

Outro caso de óbito materno ocorreu em 2018, a gestante deu entrada no Pronto Atendimento em parada cardiorrespiratória.

Em 2020, devido à pandemia da COVID-19, a Maternidade do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP realizou os partos no Hospital Universitário da USP entre abril a setembro de 2020.


Fonte: Sistema de Informação de Paciente